Mesmo sem estar concluída, Arena da Amazônia será inaugurada domingo

Posted: March 7, 2014 in Uncategorized

A Arena da Amazônia será inaugurada domingo Foto: ALEX PAZUELLO / Divulgação

MANAUS – A Arena da Amazônia Vivaldo Lima, em Manaus, palco de quatro partidas da Copa do Mundo de Futebol, em julho, será inaugurada antes mesmo da conclusão das obras com a partida das quartas de finais da Copa Verde entre Nacional, do Amazonas, e Remo, do Pará.

O atual status do andamento da obra está em 97,59% de conclusão. De acordo com a Unidade Gestora do Projeto Copa no Amazonas (UGP-Copa), está sendo realizados os últimos serviços de acabamento na cobertura e fachada, limpeza dos camarotes, acabamento fino em paredes e pisos, além de ajustes nas instalações elétricas e de sistemas.

O estádio que seria, inicialmente, inaugurado no dia 14 de fevereiro durante visita da presidente Dilma Rousseff à Manaus, teve a data alterada para o próximo domingo (9). A decisão à época foi tomada pelo governador do Estado, Omar Aziz, que entendeu que o estádio ainda não estaria pronto para ser inaugurado. Uma semana após a mudança uma nova data foi anunciada pelo governador.

Com capacidade para 44 mil torcedores, o estádio tem custo estimado em R$ 669,5 milhões, de acordo com o último balanço divulgado pelo Ministério do Esporte.

Segundo o coordenador da UGP Copa no Amazonas, Miguel Capobiango, como se trata do primeiro evento-teste da Arena da Amazônia, apenas o anel inferior será ocupado, além dos camarotes que, apesar de ainda não estarem mobiliados, serão disponibilizados para a imprensa.

A partida inaugural vai receber um público de 20 mil pessoas. Desse total, 13 mil pagaram entre R$ 100 e R$ 50 reais para assistir a jogo de inauguração da Arena da Amazônia. Os outros sete mil foram destinados aos operários que trabalharam na obra da arena e seus familiares.

Os portões serão abertos ao público às 14h30 (15h30 em Brasília). A partida está marcada para começar às 18h30. Miguel Capobiango informou ainda que os torcedores receberão orientação de voluntários para que não haja dificuldade para acessar o estádio e encontrar os seus assentos, uma vez que os ingressos são para assentos numerados.

Expectativas – O bibliotecário Junior Silva é torcedor do Remo, tentou comprar ingressos para as partidas da Copa do Mundo no estádio e não foi bem sucedido. Para ele a partida inaugural será a oportunidade para conhecer o estádio e aproveitar um pouco da sensação de como serão os jogos do mundial. “Eu tentei em todas as fases, mas não tive sorte. Consegui para a partida inaugural e já estou bem satisfeito”, conta.

Junior também relata que está ansioso com o evento, uma vez que o acesso ao estádio será feito dentro das regras definidas para o Mundial, entre elas segurança e mobilidade. “Estou apreensivo, pois o evento exige uma organização mais criteriosa, um maior nível de informação dos participantes e até do público. E por enquanto ainda não vi da organização do evento esse ‘padrão FIFA’ de organização. Estou com dúvida, por exemplo, de como chegar até o estádio, pois tenho informações de que boa parte do perímetro em volta da arena será interditada e não será permitida a passagem de veículos de passeio”, pontuou Junior.

Quem também está preocupado é o administrador Ozias Prado. Ele não vai participar do evento-teste de inauguração da arena, mas comprou ingressos para assistir aos jogos do Mundial. Para ele o evento será uma verdadeira ‘prova de fogo’ para a cidade.

– Manaus nunca recebeu um evento do porte da Copa do Mundo. A gente vê o esforço das autoridades e do Governo para chegar ao padrão exigido para esses eventos, mas não dá para saber o que pode acontecer, principalmente quando não se tem experiência em eventos como esse – comenta

Logística do evento-teste – O esquema de segurança e mobilidade urbana para o jogo de inauguração da Arena da Amazônia será coordenado pela Secretaria de Estado de Segurança (SSP-AM), em parceria com a UGP-Copa e com o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans). Serão 2,1 mil policiais militares dentro e no entorno do estádio para dar segurança aos torcedores que forem assistir à partida.

Serão montados quatro pontos de contenção na avenida Constantino Nery – principal via de aceso ao estádio – e ruas adjacentes, que serão interditadas para a realização da partida. Cada ponto terá a presença de 60 policiais militares, que trabalharão em turnos de seis horas. Os pontos estarão montados à meia-noite de domingo, 9 de março. A partir das 7h de domingo, será iniciada a interdição das vias. Foi delimitado um perímetro de um quilômetro para essa interdição no entorno da Arena da Amazônia.

Apenas carros autorizados, torcedores que estiverem portando ingressos, além de moradores de locais próximos, poderão ter acesso às proximidades do estádio. Serão 22 pontos de interceptação em todo o perímetro, onde serão feitas revistas por policiais militares. Os moradores precisarão apresentar algum tipo de comprovação de residência e serão acompanhados por policiais até as proximidades de suas casas.

Linhas de ônibus – No total, de acordo com o Manaustrans, serão 70 linhas de ônibus, com 185 veículos, que atenderão aos moradores de todas as cinco zonas da cidade.

Policiamento – Além dos policiais militares fixados nos pontos de vistorias, outros 500 estarão espalhados no entorno do estádio. Alguns desses farão o policiamento velado, junto com outros 200 investigadores da Polícia Civil, no combate à atuação de cambistas.

Dentro da Arena da Amazônia, 70 policiais estarão presentes no campo de jogo e nas arquibancadas. Também estarão disponíveis dentro do estádio policiais do esquadrão antibombas e do pelotão de choque, que serão acionados apenas caso haja alguma necessidade. Ainda dentro do estádio estarão presentes homens do Corpo de Bombeiros e ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Central de monitoramento – Além do efetivo policial, a segurança será feita por meio de 19 câmeras internas e externas no estádio, além das duas plataformas móveis elevadas, equipadas com 18 câmeras, cada uma. Dois Centros de Comando e Controle serão montados, sendo o Local na Arena Amadeu Teixeira, onde todos os representantes de órgão estarão presentes, e o Regional no Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

Torcedores são orientados – Os torcedores que forem ao jogo precisam ficar atentos a alguns detalhes sobre o que poderão e o que não poderão levar para dentro do estádio. De acordo com o coronel Dan Câmara, secretário executivo adjunto de Segurança Integrada para Grandes Eventos da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), os torcedores devem evitar o uso de bolsas grandes e mochilas. “Se possível, o torcedor só deve levar documentos, o ingresso e as mulheres, bolsas pequenas. Mochilas não entrarão na Arena”.

Outro alerta feito pelo coronel diz respeito ao uso de guarda-chuvas, que também estão proibidos. Ele recomenda que o público leve apenas capas de chuva. Bandeiras ou cartazes com mais do que dois metros, mastros e instrumentos musicais, fogos de artifícios, garrafas, também estão proibidos, assim como quaisquer tipos de alimentos e bebidas, a não ser aqueles adquiridos dentro do estádio, ou específicos para diabéticos.

Detalhes da Arena – A Arena da Amazônia, palco dos jogos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, possui 252 painéis de membrana, em tamanhos variados, sendo 180 na cobertura e 72 na fachada. A área total ocupada pelos painéis corresponde a 31.000m². De acordo com a Construtora Andrade Gutierrez, responsável pela obra da Arena, por ser fotossensível, a aparência da membrana é alterada pela exposição ao sol, até atingir sua cor final, que é o branca.

A membrana é de fibra de vidro, revestida com PTFE (Teflon) e possui propriedades como durabilidade, resistência, incombustibilidade, reflexão da luz solar (entre 65% e 75%) e translucidez (entre 4% e 22%). Uma das vantagens do uso da membrana revestida com Teflon é a menor aderência de sujeira nos painéis, o que simplifica a manutenção da superfície.

Mais de cem pessoas trabalharam diretamente na montagem dos painéis durante um período de três meses.

Jogos do Mundial – A Arena Amazônia receberá quatro jogos do Mundial, todos válidos pela primeira fase: Inglaterra x Itália, Camarões x Croácia, Estados Unidos x Portugal e Honduras x Suíça.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s