2014 dias de preparação do Brasil para a Copa: veja o raio-x das obras

Posted: May 6, 2013 in Uncategorized

No dia 30 de outubro de 2007, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, anunciou o Brasil como sede da Copa do Mundo 2014. No total, o país teria 2.417 dias –ou 79 meses –para preparar as cidades-sede para a competição. Agora, 2.014 dias depois e a apenas 13 meses da abertura do Mundial, o país corre contra o tempo para entregar os projetos previstos pelo governo.

Do total de 109 obras previstas na primeira Matriz de Responsabilidades, somente 14 foram entregues: os estádios Mineirão, Castelão, Fonte Nova e Maracanã, além de nove intervenções em aeroportos (quatro Módulos Operacionais Provisórios, os MOPs) e uma de mobilidade urbana, em Natal. O número de obras não iniciadas é maior. No total, são 19 projetos.

Desses, sete foram excluídos da lista da Copa; os monotrilhos de São Paulo e Manaus, o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) de Brasília, além de mais três intervenções de mobilidade (em Curitiba, Natal e Manaus), a ampliação da pista do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, e os trabalhos no porto de Manaus. Dos 76 projetos em andamento são 45 em mobilidade urbana, oito em estádios, 17 em aeroportos e seis em portos.

O custo total da Copa do Mundo 2014 também sofreu mudanças desde janeiro de 2010, data da primeira Matriz de Responsabilidades. A lista, na ocasião, previa investimento de R$ 23,53 bilhões. Depois, em maio de 2012, com a inclusão de projetos ligados à segurança, às telecominucações e ao turismo, o valor chegou a R$ 29,23 bilhões.

A exclusão de sete obras em dezembro no ano passado foi responsável pela queda do montante. Agora, as 102 obras da Copa e os investimentos em segurança, telecomunicações e turismo custarão R$ 25,52 bilhões. O governo federal é responsável por R$ 14,99 bilhões. Os governos locais aplicarão R$ 6,29 bilhões. A iniciativa privada, por sua vez, investirá R$ 4,25 bilhões.

Confira o andamento das obras, sede a sede:

Belo Horizonte
Mineirão
 – concluído em 21 de dezembro de 2012, após 28 meses em obras. No aeroporto de Confins, há duas obras em andamento: a ampliação do terminal de passageiros e a reforma da pista de pouso e do sistema de pátio. A construção do terminal remoto ainda não foi iniciada.

Na mobilidade urbana, todos os oito projetos estão em andamento. Apenas um, porém, será entregue antes da Copa das Confederações. O Boulevard Arrudas/Tereza Cristina deve ser finalizado até este mês. As outras intervenções têm prazo de conclusão previsto para o o último trimestre de 2013.

 
Brasília
Mané Garrincha – conclusão prevista para 18 de maio de 2013: A 19 dias do término do prazo de conclusão, pelo menos três frentes da trabalho estão em andamento no canteiro de obras: a instalação dos 71 mil assentos, o plantio do gramado (conclusão prevista para a próxima quarta-feira, 1º) e os acabamentos internos. A data de entrega da obra foi adiada três vezes (era dezembro, passou para fevereiro, depois abril e maio).

aeroporto Juscelino Kubitschek, por sua vez, já teve dois projetos entregues pela Infraero. A reforma do corpo central do terminal e a construção do MOP. Concedido à iniciatica privada, o local terá algumas obras concluídas já na Copa das Confederações. Segundo a Inframerica, a expansão do estacionamento estará concluída até o mês que vem. Na mobilidade, após a exclusão do VLT Aeroporto-Asa Sul, apenas a ampliação da DF-047 está em execução.

 
Cuiabá
Arena Pantanal – conclusão prevista para dezembro de 2013; 62% de execução: Os trabalhos continuam após a saída da construtora Santa Bárbara — somente a Mendes Júnior toca a obra agora. Em 12 meses, o estádio avançou apenas 19 pontos percentuais. Hoje, a superestrutura da arena está praticamente concluída. 

A Infraero dá andamento à ampliação do terminal do aeroporto Marechal Rondon, além da adequação do sistema viário e a construção do estacionamento. A previsão é que os trabalhos, orçados em R$ 87,5 milhões, estejam prontos até dezembro de 2013. O mesmo não ocorrerá com os projetos de mobilidade. O VLT Cuiabá-Várzea Grande deve ser entregue em março de 2014. A cidade ainda tem duas obras em execução: o Corredor Mario Andreazza e trabalhos no entorno do estádio.

 
Curitiba
Arena da Baixada – conclusão prevista para dezembro de 2013; 60% de execução: Os trabalhos no canteiro de obras se concentram na arquibancada superior, no setor Brasílio Itiberê, onde ocorre a instalação dos degraus pré-moldados. No total, são 736 peças. Em nove meses, o avanço foi de apenas 15 pontos percentuais. No aeroporto Afonso Pena, há um projeto em execução, relativo à ampliação do pátio de aeronaves, no valor de R$ 25,4 milhões. As obras no terminal, porém, ainda não foram iniciadas –a licitação para os trabalhos já foi finalizada.
 
Atrasos também ocorrem na mobilidade. Dos oito projetos, dois estão à espera do pontapé inicial das obras: OCorredor Avenida Cândido de Abreu e o BRT Linha Verde Sul

 
Fortaleza
Castelão – concluído em 16 de dezembro de 2012, após 21 meses em obras. No aeroporto Pinto Martins, a ampliação do terminal, do pátio de aeronaves e do sistema viário deve ser entregue até dezembro. Os trabalhos custarão R$ 195,8 milhões e estão 20% concluídos.

Seis obras de mobilidade estão em andamento na capital cearense. O maior projeto, do VLT Parangaba-Mucuripe deve ser entregue em dezembro. O investimento será de R$ 265,5 milhões.

 
Manaus
Arena da Amazônia – conclusão prevista para dezembro de 2013; 58% de execução: o estádio de Manaus é o que mais preocupa. Apesar do avanço de quatro pontos percentuais em março, as obras não têm um ritmo adequado. Forma 19 pontos percentuais desde maio de 2012. Na arquibancada superior, onde ocorre o lançamento dos degraus no sentido oeste-norte. A montagem da estrutura metálica da fachada e cobertura deve começar nas próximas semanas. 

No âmbito aeroportuário, a Infraero executa a ampliação do terminal de passageiros e do sistema viário doaeroporto Eduardo Gomes. Os projetos estão orçados em R$ 327,4 milhões, com finalização prevista para dezembro. Manaus não tem previsão de qualquer obra de mobilidade. O Monotrilho Norte/Centro e o BRT Eixo Leste/Centro foram excluídos da Matriz de Responsabilidades.

 
Natal
Arena das Dunas – conclusão prevista para dezembro de 2013; 61% de execução: Apesar do atraso para o início das obras (ocorrido apenas em agosto de 2011), o estádio já ultrapassou a Arena da Baixada e a Arena da Amazônia. São 39 pontos percentuais de avanço em 12 meses. Com as etapas de terraplanagem e infraestrutura concluídaas, a superestrutura chegou a 89,84% de execução no final de março. A fase de acabamentos, por sua vez, alcançou 20,32%. Atualmente, os trabalhadores estão executando as partes pré-moldadas da cobertura.
No novo aeroporto da região, o São Gonçalo do Amarante, as obras seguem em andamento. Segundo o consórcio Inframerica, a estrutura de concreta será concluída neste mês. A entrega da primeira fase deve ocorrer até o final de 2013. A mobilidade potiguar, por sua vez, sogreu um revés: a reestruturação da Av. Eng. Roberto Freire não ocorrerá mais. Duas obras ainda não foram iniciadas. O início da execução do acesso ao aeroporto São Gonçalo do Amarante e do Corredor Estruturante, segundo a prefeitura, começarão até o final deste semetre.

 
Porto Alegre
Beira-Rio – conclusão prevista para dezembro de 2013; 69% de execução. Há cinco frentes de trabalho em andamento: A instalação das “folhas” metálicas da cobertura (sete unidades, de 65, foram colocadas), a recuperação estrutural da arquibancada superior, os acabamentos internos, a construção de um edfício-garagem no entorno e a execução de 14 torres de circulação (três já foram concluídas).

Aeroporto Salgado Filho tem as obras mais atrasadas do país. A ampliação da pista de pouso e decolagem deixou de fazer parte da Matriz. Já a reforma e ampliação do terminal ainda está na fase de projeto. Apenas o MOP foi entregue no local. Todas as 11 obras de mobilidade estão em andamento. A intervenção mais cara é oCorredor da Terceira Perimetral, cujo investimento será de R$ 194,1 milhões. 


Recife
Arena Pernambuco
 – conclusão prevista para 14 de maio de 2013: Estádio com o maior avanço percentual dos últimos 12 meses. Desde maio de 2012, as obras avançaram 60 pontos percentuais. A arena está praticamente pronta. Apenas trabalhos de acabamento são executados. A cobertura foi concluída em fevereiro. O plantio do gramado, por sua vez, ocorreu no final de março. 

aeroporto Gilberto Freyre tem apenas um trabalho previsto: a construção da nova torre de controle. A obra, contudo, não começou. Com todos os projetos de mobilidade em andamento, a capital pernambucada deve ter quatro intervenções entregues até a Copa das Confederações. Destaque para o BRT ramal Cidade da Copa, com índice de conclusão acima dos 85%, orçado em R$ 137 milhões. Mais tr~es projetos devem ser entregues até a Copa do Mundo.

 

Rio de Janeiro
Maracanã
 – concluído em 27 de abril de 2013, após 31 meses em obras. As reformas e ampliações nos terminais 1 e 2 do aeroporto do Galeão estão em execução desde 2008 e devem ser entregues até abril de 2014.. A Infraero também dá andamento à revitalização do sistema de pista e pátio. O investimento passa dos R$ 844 milhões. 

O Rio tem apenas um projeto de mobilidade na Matriz de Responsabilidades: o BRT Transcarioca. Orçada em R$ 1,88 bilhão, a linha deve ser concluída até dezembro. Mais três ramais serão contruídos até a Olimpíada 2016, os BRTs Transoeste, Transoeste e Transbrasil. Todas as obras estão em execução. 

 
Salvador
Fonte Nova – concluído em 5 de abril de 2013, após 30 meses em obras. O aeroporto Dep. Luís Eduardo Magalhães tem três obras em andamento: a ampliação do terminal de passageiros, a construção da torre de controle e a ampliação do pátio de aeronaves. O investimento total é de R$ 47,3 milhões.

Na mobilidade, o Corredor Estruturante Aeroporto/Acesso Norte foi retirado da Matriz de Responsabilidades da Copa ainda em 2011. Duas intervenções menores foram adicionadas na última versão da Matriz, em dezembro de 2012. Elas estão em andamento no entorno da Fonte Nova

 
São Paulo
Arena Corinthians – conclusão prevista para dezembro de 2013; 76% de execução: O palco de abertura da Copa 2014 recebe os módulos da cobertura do setor oeste. A etapa já foi concluída na parte leste. Na parte externa da arena, foi iniciada a colocação dos vidros da fachada. Além disso, há uma frente de trabalho no gramado, onde as tubulações do sistema de drenagem são montadas. O plantio da grama começará em junho e estará pronto em setembro.

Os aeroportos de Guarulhos Viracopos, geridos pela iniciativa privada, passam por ampliações para a Copa do Mundo. Em São Paulo, a Invepar constrói o terminal 3. O consórcio também dá andamento à reforma nas pistas, à adequação dos terminais 1 e 2, e à construção de um edifício-garagem. As conclusões estão previstas para este semestre. Em Campinas, o consórcio Aeroportos Brasil executa três frentes de trabalho: a construção do novo terminal de passageiros e do edifício-garagem, além da reforma do atual terminal.

A capital paulista, assim como Brasília e Manaus, também teve sua obra de mobilidade excluída da Matriz. O trecho do Monotrilho Linha 17-Ouro, que  ligará o aeroporto de Congonhas à estação Morumbi da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) será finalizado após o Mundial 2014. Os únicos trabalhos de mobilidade são executados no entorno da Arena Corinthians. No total, são cinco intervenções, com mais de 20% de conclusão.

Veja a página de Galeria de Fotos do Portal 2014 e confira imagens atualizadas de cada um dos estádios da Copa

 

 
 

Andamento das obras dos estádios*:

1º Arena Pernambuco: quase 100%

2º Mané Garrincha: mais de 95%

3º Arena Corinthians: 76%

4º Beira-Rio: 69%

5º Arena das Dunas: 61%

6º Arena Pantanal: 62%

7º Arena da Baixada: 60%

8º Arena da Amazônia: 58%

* Quatro estádios já estão concluídos: Castelão, Mineirão, Fonte Nova e Maracanã.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s