Natal corre contra o tempo após atrasos no início da preparação

Posted: April 3, 2013 in Uncategorized

Única sede que se comprometeu a construir um aeroporto inteiramente novo para 2014, Natal viu o prazo de conclusão do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante ficar cada vez mais apertado.

Mas no que depender do consórcio Inframérica (formado pela construtora Infravix, do grupo Engevix, e pela empresa argentina Corporación America), não há motivo para preocupação. Projetado para ser o maior aeroporto da América Latina e o sétimo maior do mundo, o empreendimento deve mesmo ser entregue em março do ano que vem, a três meses da abertura do Mundial.

O início do processo de transferência operacional ocorrerá até abril, ao passo que a operação comercial começará em junho, segundo a empresa. Natal receberá quatro jogos no Mundial, todos na primeira fase: nos dias 14, 16, 19 e 24 de junho de 2014. 

Até maio deste ano, será concluída a estrutura de concreto no futuro aeroporto, informa o consórcio. Depois, terá início a implantação das alvenarias, pisos e acabamentos. Já o processo de instalação de equipamentos, além dos trabalhos de acabamento, estará pronto em dezembro, segundo a empresa.

Depois de 17 meses da assinatura de contrato com a Inframerica, ocorrido em novembro de 2011, toda a etapa de fundações foi finalmente concluída. A superestrutura também está executada, incluindo os pilares, vigas e lajes. 

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) prevê que três milhões de passageiros passem pelo novo aeroporto em 2014. O valor do contrato com a Inframerica, na primeira fase da obra, é de R$ 450 milhões. A concessão vai durar 28 anos, com possível renovação de mais 60 meses.

Em 2024 e 2038, a área do terminal de passageiros será ampliada para 40 mil m² e 66 mil m², respectivamente. No final dos trabalhos, o aeroporto São Gonçalo do Amarante deve receber até 11 milhões de passageiros por ano.

 

Estádio: apressado
A OAS, contrutura responsável pela construção da Arena da Dunas, também executa a obra da Copa correndo contra o tempo. A nove meses do prazo de conclusão previsto pelo governo, o estádio está 57% pronto, de acordo com as últimas informações levantadas –e divulgadas. Em 120 dias, a obra avançou 14 pontos percentuais e aparentemente embalou.

A arena começou a ser erguida em agosto de 2011, há 20 meses, depois de muita demora na conclusão do processo licitatório –o primeiro edital foi lançado ainda em outubro de 2010.

No momento, os mais de 1.800 operários trabalham no assentamento de degraus na arquibancada superior do setor oeste. A montagem do lado oposto também já foi iniciada. 

Mobilidade com atrasos 
No papel, Natal teria quatro obras de mobilidade urbana para a Copa do Mundo. O projeto da Reestruturação da Av. Eng. Roberto Freire, porém, foi retirado da Matriz de Responsabilidades, documento que lista os trabalhos nas cidades-sede até o Mundial 2014. O início da intervenção estava prevista para agosto de 2012 e custaria R$ 221,7 milhões. 

A iniciativa partiu do próprio governo do Rio Grande do Norte, que, ao ver que a promessa de conclusão até a Copa não seria cumprida, migrou a obra para o PAC Mobilidade. A manobra livrou os governantes locais de penalidades previstas no caso de não cumprimento dos prazos, de forma semelhante ao que aconteceu em Brasília, no caso do VLT, e em Manaus, com o Monotrilho.

Ainda assim, Natal projetou o Corredor Estruturante Zona Norte/Arena das Dunas, cujas obras devem ser iniciadas, segundo a prefeitura, em junho deste ano. O investimento no projeto será de R$ 338,8 milhões, o mais caro entre todas as intervenções na capital potiguar. A entrega está prevista para junho de 2014.
 
Até lá, ocorrerá a construção de um corredor viário nas avenidas Felizardo Moura, Napoleão Laureano e Capitão-Mor Gouveia, além de obras no entorno da Arena das Dunas. A ideia é melhorar o entroncamento de algumas avenidas. 

Além disso, a cidade terá a implantação do Acesso ao Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, que compreende a duplicação da BR-406 e a construção do acesso da BR-406 até o local. As obras foram iniciadas em janeiro e devem ser concluídas até abril de 2014. O investimento é de R$ 73,1 milhões.

Até junho de 2014, o governo do Rio Grande do Norte também deve entregar a Implantação da Via Prudente de Morais. Orçada em R$ 27,7 milhões, a nova via ligará o aeroporto Augusto Severo à avenida Prudente de Morais. 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s