Evolução dos estádios em 2012: Mineirão e Arena Pernambuco lideram

Posted: December 20, 2012 in Uncategorized
Tags: , , ,

O Mineirão e a Arena Pernambuco apresentaram, nos 12 meses de 2012, os maiores avanços nas obras dos estádios da Copa 2014. Em Belo Horizonte, o índice de execução dos trabalhos em dezembro do ano passado era de 40%. Já no Recife, onde um plano de aceleração foi implantado pelo governo estadual e pela construtora responsável, o número passou de 22% para incríveis 77%.

O avanço médio registrado nas 12 arenas foi de 38 pontos percentuais. Entre as obras mais lentas estão a Arena Pantanal, a Arena da Amazônia. Em Cuiabá, o índice saiu de 35% para 50%. Durante três meses, de junho a setembro, o estádio estacionou nos 45%.

O cenário foi parecido em Manaus: nenhuma mudança na porcentagem de obras entre agosto e novembro. Dessa forma, o estádio avançou apenas 20 pontos percentuais em 12 meses –foi de 30% a 50%.

Líderes 
Duas arenas chegaram à metade dos trabalhos já em dezembro de 2011. Na ocasião, o Castelão e o Mané Garrincha tinham as obras mais avançadas do Mundial. Após os 12 meses de 2012, o estádio cearense concluiu os trabalhos. Já em Brasília, o avanço foi de 34 pontos percentuais, pulando de 50% para 84%.

O ritmo de obras no Distrito Federal, porém, foi menos intenso que nas duas maiores cidades do país. O Maracanã, palco da final da Copa das Confederações e do Mundial, hoje com 80% das obras concluídas, estava 32% executado.

Na Arena Corinthians, foram 40 pontos percentuais de avanço físico. O estádio que receberá a partida de abertura da Copa tinha apenas 20% de conclusão em dezembro de 2011. Doze meses depois, o local chegou à marca de 60%

Em Natal, a Arena das Dunas saltou de 15% para 43%. A obra do estádio potiguar ainda figura entre as mais lentas do Mundial.

Na Arena da Baixada e no Beira-Rio, os casos são específicos. Atlético-PR e Internacional, proprietários, respectivamente, dos estádios, só iniciaram a divulgação dos índices em julho. Desde então, a arena paranaense avançou somente 9 pontos percentuais –45% a 54%. Em Porto Alegre, o índice saltou 21 pontos percentuais –de 31% a 52%.

Prazo x execução
Seis estádios têm a mesma data de conclusão prevista no cronograma: Arena Corinthians, Arena Pantanal, Arena das Dunas, Beira-Rio, Arena da Baixada e Arena da Amazônia devem estar concluídos em dezembro de 2013, daqui a 12 meses.

Seguindo o mesmo ritmo, quatro sedes podem ter problemas para cumprir o prometido. Os estádios de Cuiabá, Curitiba, Manaus e Natal apresentam média mensal de avanço menor que o necessário nos próximos 12 meses.

Os piores casos são da Arena Pantanal e Arena da Baixada, que avançam aproximadamente 1,5% ao mês e ainda precisam executar por volta de 4% a cada 30 dias de 2013.

São Paulo e Porto Alegre, cujo os estádios têm 3,5% de execução mensal, não devem ter problemas para concluir as obra no prazo determinado. O Beira-Rio está a 48% do término dos trabalhos. A Arena Corinthians, por sua vez, precisa avançar 40% em 12 meses.

 

Confira o avanço de cada arena em 2012:

1º Mineirão: 60 pontos percentuais, de 40% para 100%

2º Arena Pernambuco: 55 pontos percentuais, de 22% para 77%

3º Castelão: 50 pontos percentuais, de 50% para 100%

4º Fonte Nova: 50 pontos percentuais, de 35% para 85%

5º Maracanã: 48 pontos percentuais, de 32% para 80%

6º Arena Corinthians: 40 pontos percentuais, de 20% para 60%

7º Mané Garrincha: 34 pontos percentuais, de 50% para 84%

8º Arena das Dunas: 28 pontos percentuais, de 15% para 43%

9º Arena da Amazônia: 20 pontos percentuais, de 30% para 50%

10º Arena Pantanal: 15 pontos percentuais, de 35% para 50%

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s